quinta-feira, setembro 25

lero-lero (dois)


Se ele fez foi porque a Lei permite, mas eu não acho direito. Ontem, após vinte e seis anos, é exatamente isso, você leu certo, vinte e seis anos de “tramitação” o STF - Supremo Tribunal Federal iniciou o julgamento dos processos relacionados à demarcação da Terra Indígena Caramuru-Paraguassu, do Povo Pataxó Hãhãhãe, no sul da Bahia. Iniciou, mas após o voto do ministro-relator, favorável à causa indígena, o ministro Carlos Alberto Menezes Direito pediu vistas, suspendendo o julgamento, exatamente como nos casos da Reserva Raposa Serra do Sol e no das pesquisas com células-tronco embrionárias. Na minha opinião é, no mínimo, antiesportivo. Posso estar errado, mas acho que é, embora dentro da lei, um caso de obstrução da justiça. E acho também lamentável que o eminente juiz nunca tenha opinião formada e sempre precise de mais tempo que os colegas para decidir o seu voto. Espero que não precise de outros vinte e seis anos.

Também ontem o IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - divulgou que o rendimento médio mensal das famílias 10% mais ricas do País em 2007 foi 42,55 vezes maior que o rendimento médio das 10% mais pobres. Em média, a fatia mais rica recebeu cerca de R$ 2.830,00 por pessoa, enquanto as mais pobres ganharam R$ 66. Falemos baixinho para que não nos ouçam: já que eu nem imagino como faria para pagar minhas contas com a média do que ganha a fatia mais rica, teria que seguir o conselho do General Figueiredo, aquele que daria um tiro na cuca se tivesse que sobreviver com o salário-mínimo.

Ainda com base em informações da PNAD - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2007, ficamos sabendo que aqui no Brasil, no ano passado, 1,3 milhão de crianças de 8 a 14 anos de idade não sabiam ler e escrever, o que corresponde a 5,4% da população dessa faixa etária no país. Mas vocês pensam que não estão matriculadas? Nada disso, 84,5%, ou seja, cerca de 1,1 milhão freqüentavam estabelecimento de ensino. Talvez apenas para desfrutar da merenda escolar, ou para manter o beneficio do programa bolsa família. Será que alguém pode me explicar sem muito lero-lero? Ah! Talvez esse milhão de estudantes analfabetos tenha pedido vistas na escola.

No dia 27, que é também o do caruru de Cosme e Damião, o Google estará comemorando o seu 10º aniversário, não obstante a Google Inc tenha sido criada em Sete de Setembro de 1998, o dia da Independência do Brasil. Não se sabe exatamente porque a comemoração oficial vinte dias após a data de criação da empresa, mas, com certeza a explicação não está na PNAD.

A quem interessar possa: não sou rico nem estou concorrendo ao título de “Bumbum mais bonito do Mundo” , pois, parodiando as modelos e atrizes, prefiro ser admirado pelo meu interior.



Bom dia galera.

2 comentários:

Anônimo disse...

E para marcar as festividades do seu décimo aniversário, a Google lançou um concurso, denominado “Project 10100”, no qual oferece 10 milhões de dólares a quem apresentar uma idéia que possa ajudar o maior número de pessoas.

“As idéias podem ser grandes ou pequenas, ligadas à tecnologia ou brilhantemente simples, mas têm de ter impacto”, declarou a Google em comunicado, de acordo com a CNN.

Pessoas de qualquer lugar do mundo podem enviar as suas candidaturas até ao dia 20 de Outubro, sendo depois selecionadas “algumas centenas” que estarão disponíveis para votação entre Janeiro e Fevereiro, segundo o “site” do projeto da Google.

A votação pública selecionará os 20 finalistas, sendo depois escolhidas cinco idéias pelos responsáveis da Google.

Nesta fase final, os 10 milhões de dólares são distribuídos pelas melhores idéias. Se uma se destacar, arrecadará a totalidade da quantia, caso contrário, o montante será dividido entre, no máximo, os cinco melhores projetos.

fred disse...

Grato pela visita e informação.
Volte sempre

pesquisar nas horas e horas e meias