quarta-feira, outubro 8

Ploft - Lau Siqueira


Lau Siqueira ©

Não sei que é o autor da ilustração


fazer poesia
algumas vezes
é como jogar pedra
em açude

as ondas se formam
e a gente descobre
que aquilo não é
              poesia

             é física



Lau Siqueira nasceu em Jaguarão,RS. Publicou três livros:O Comício das Veias (Paraíba: Editora Idéia, 1993), O Guardador de Sorrisos (Paraíba: Editora Trema, 1998) eSem Meias Palavras (Paraíba: Editora Idéia, 2002). Tem poemas publicados nas últimas edições do Livro da Tribo(São Paulo: Editora Tribo) e na antologia Na Virada do Século — Poesia de Invenção no Brasil (São Paulo: Editora Landy, 2002), organizada pelos poetas Frederico Barbosa e Cláudio Daniel.

2 comentários:

LAU SIQUEIRA disse...

Grande Fred, obrigado pela generosidade de resgatar esse poema que nem eu mesmo lembrava mais. Estou em Porto Alegre, onde participo do PortoPoesia (www.portopoesia2.blogspot.com) amanhã. Um grande e afetuoso abraço! Lau

fred disse...

Generosidade nenhuma, Lau. Além de amigo querido, você é um grande poeta e a sua poesia enriquece este meu modesto bog.
Acho que você já sabe que agora estou morando em Maceió. Avise-me se calhar de vir pra essas bandas.
Abração.

pesquisar nas horas e horas e meias