terça-feira, novembro 4

amaralíngua


amar a língua
na maré mansa
de amaralina.

caetano contente
toca a coca-cola

na boca.

           kilkerry ri.

pedro é pedra

           o papa é pop.

na noite turva tédio
strip-tease e samba:
a alma é volúpia
reco-reco e tamborim.

nos interstícios
o idioma seca

eu

            o saco
cheio de mim

 

Fred Matos
publicado em "Anomalias"
.Editora Kelps
Setembro/2002

 

 

2 comentários:

Soledade disse...

Adoro este! :) Tem cor e aroma, não só música.
Beijo

fred disse...

E eu fico contente que você goste.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias