terça-feira, março 3

não vou ver


ilustração : Van Gogh - Almond Blossoms - 1890


não vou ver vir
quem vem em vão
por crer que não
vale criar nem rir
e diz que é triste
a razão e que
o amor não existe
quem insiste em vir
dizer que é vão criar
arriscar de novo
novas rotas outras
tantas alegrias
possíveis tais quais
todas estas festas
nestes todos dias
quando me vi viver
volvendo cada
íntima fibra do arco
coração corda tensa
tocando quando
me toca pela minha
a tua mão macia
a tua voz
a tua vez
a lua.



Fred Matos
publicado em "Anomalias".
Editora Kelps
Setembro/2002



12 comentários:

Nanda Assis disse...

bem legal a poesia, com forte significado e uma brincadeira com as palavras.

bjosss...

Cris Animal disse...

Acho que o amor nunca desiste. Presiste.Por mais que tudo em volta desanime ou caminhe na contra-mão!

Lendo essa poesia com a tela de Van Gogh deu um aperto no coração! Acho que essa força do amor e a ausência dessa força ou de alguma outra na vida desse gênio com uma biografia tão triste e devastadora.

Beijo pra vc
...............Cris Animal

fred disse...

Agradeço-lhe, Nanda, a visita, leitura e comentário.
Beijos

fred disse...

Cris, Usei esta ilustração de Van Gogh porque foi a primeira que me apareceu, mas o seu comentário me faz pensar que está apropriada.
Obrigado.
Beijo

D.Ramírez disse...

Gosto desses poemas com corte, breque e verbo, nem sei se é certo ou se irão enteder, mas é isso..
Muito bom, e lendo o comentário da Cris, concordo, Van Gogh combinou, acrescentou, vai ver vc no inconsciente o fez achar essa mesmo, na primeira.

Abraços

Hercília Fernandes disse...

Belo, Fred!

Jogo e lirismo perpassam as linhas e conferem poiesis ao texto = lindo!

Forte abraço, amigo.

H.F.


Obs.: Ando meio ocupada ultimamente e me envolvi num pequeno contratempo [de carro] neste fim de semana, por isso perdoe-me a demora...

fred disse...

Obrigado, Ramírez.
Eu entendi, sim.
Grande abraço

fred disse...

Mas não tem que se desculpar de nada, Hercília.
Fico contente por você gostar.
Espero que o contratempo seja logo superado.
Beijo

myra disse...

o amor nao desaparece jamais!
adorei tuas linhas...mais que linhas, frechas que vao diretamente ao coraçao!
myra

fred disse...

Myra,
Deixa-me muito contente a sua visita, leitura e comentário.
Obrigado.
Beijos

ma grande folle de soeur disse...

destaco os 4 últimos versos ... para mim geniais!

fred disse...

Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário, ma grande folle de soeur
Beijo

pesquisar nas horas e horas e meias