quinta-feira, abril 9

quem souber me dê notícias


não sei quem é o autor da foto


quem souber me dê notícias

de Aliomar Antônio de Brito

e de Manuel Norberto Filho,

os mais remotos amigos

que a minha memória guardou.

 

éramos um trio inseparável,

das portas da puberdade

ao fim da adolescência.

 

um foi cuidar das terras da família,

que estavam sem gerência.

o outro foi pra São Paulo,

cumprir sina nordestina.

eu fiquei poetando à-toa,

pra que a saudade não doa.

 

quem souber me dê noticias

de Armindo Jorge de Carvalho Bião

de Enéas Guerra Sampaio

de Alex Ivan Peirano Chacón

de Antônio Carlos Araújo Correia

de Mário Cravo Neto

de Dita, de Cady, de Lúcia, de Mina,

de Ely, de Pink, de Césio, de Pedro,

de tantos outros amigos e amigas,

que a rotina da vida me roubou.

 

quem souber me dê notícias

de um certo Fred que fui,

e que não é o mesmo que sou.



ps: saudade, também, de Luciano Diniz Borges, que já nos deixou. 

Não entrou no poema, mas jamais será esquecido.

 

 

 

Fred Matos

publicado em "Anomalias".

Editora Kelps

Setembro/2002


20 comentários:

Maria Inácia Bellico disse...

Êh saudade!

Uma feliz páscoa pra ti.

Bjim*

Adriana Godoy disse...

Fred, é interessante como os amigos se perdem e nos perdemos também. Um poema que traz lembranças, que mexe com a memória, que lembra amizades. Muito bom.Bj

PS; tem poema meu no poema dia.

Mirse disse...

Dá uma nostalgia essa realidade!
A vida rouba mesmo tudo da gente, amigos, filhos, mas o que mais importa são os amigos.
O mais importante do seu poema, lindíssimo, porém é encontrar o Fred que a vida com suas teempestades, modificou.
Faço votos que encontre.

Forte abraço

Mirse

Maria Muadiê disse...

Quanta saudade!

Priscila Bilhalva disse...

Poxa, a vida é assim mesmo né? O pior mesmo é não encontrar mais quem um dia fomos.Mas podemos nos surpreender se nos depararmos com nós mesmos melhores que no passado.

Cris Animal disse...

feliz páscoa pra vc também, Fred.
Páscoa de verdade: rebnovação e renascer!
beijo
.............Cris Animal

nina rizzi disse...

e é tão raro encontrar bons amigos. que dirá re-encontrar :(

belíssimo o poema. pena (ou não) já não sermos os mesmos. acho que não... mas dá saudade de mim...

Elis Zampieri disse...

Oi Fred! Eu adoro esse teu poema, foi um dos tantos que me marcaram, [acho que eu já li ele por aqui} mas não tem problema, pras coisas boas a gente pede bis.

Por falar em bis [que também é bom demais], boas comemorações de páscoa pra vc.

Bjos doces!

yehuda disse...

amigos vem e vão em camadas
estranho?
tive amigos no esporte
na faculdade
amigos do chope e da mulherada
amigos no trabalho
amigoa de todas as camads sociais
os da infância melhor nem pensar
o outro dia refiz a lista daqueles que foram a festa dos me csamento
não soube dizer se ainda estavam vivos ou desaparecidos
que vida apavorante
abraço

fred disse...

Saudade grande, Maria Inácia.
Ótima páscoa.
Beijos

fred disse...

Adriana,
Vinícius disse que "a vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida", mas, talvez, seja a arte das perdas, mais que dos encontros.
Obrigado, amiga.
Beijos

fred disse...

É verdade, Mirse: tenho três filhos, todos vivendo em outros Estados, mas estes, mesmo ficando longos períodos sem ver, nunca perco de vista. Impossível, porém, fazer o mesmo com os amigos.
Agradeço-lhe a leitura e comentário.
Beijos

fred disse...

Muita saudade, Martha.
Obrigado, querida.
Beijos

fred disse...

É, Priscila, a vida é assim.
Obrigado, querida, pela leitura e comentário.
Beijos

fred disse...

Obrigado, Cris.
Beijos

fred disse...

Verdadeiros amigos são raros, Nina. E reencontrá-los depois de longa separação é, às vezes, motivo de decepção mútua: porque nunca somos exatamente iguais àquele que vive na imagem do outro.
Obrigado, querida.
Beijos

fred disse...

Sim, eu já o havia publicado, Elis. É um dos meus preferidos e estou publicando outra vez alguns deles.
Agradeço-lhe a leitura e comentário.
Ótima páscoa.
Beijos

fred disse...

Pois é, Iosif: é desta saudade que fiz este poema.
Ótima páscoa.
Imenso abraço.

Cosmunicando disse...

ah que bonito isso!
eu também ando à procura dos meus perdidos amigos.
bjos

fred disse...

Obrigado, Mercedes.
Ótima páscoa.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias