segunda-feira, abril 6

se eu fosse um anjo


ilustração: Michelangelo


tivesse asas, fosse um anjo,
poderia cingir-te aos braços
sem a volúpia que me inflama
e não roubaria os beijos
da boca que não me ama.

poderia, talvez pudesse,
serenar-te o ânimo,
murmurando velhas fábulas
de amizades inumanas:
tivesse asas, fosse um anjo.

poderia, talvez pudesse,
levar-te às estrelas,
onde se pode entender
a insignificância de tudo:
tivesse asas, fosse um anjo.

mas não sou um anjo.
pulsam em mim as paixões
que movem a espécie humana
e o meu desejo é maior
que a razão que a hora clama.



Fred Matos
publicado em "Eu, Meu Outro"
Editora Poesia Diária
Maio/1999

26 comentários:

Graça Pires disse...

tivesses asas, fosses um anjo e haveria em teu olhar um angelical espanto pela vida...
Um abraço.

Batom e poesias disse...

Paixões mundanas...
Nos fazem humanos.
Anjos não sofrem, mas também não se apaixonam...

Lindo poema, Fred.
Bjs

Adriana Godoy disse...

Você é um anjo das palavras que voam em sentimentos, mesmo que elas estejam prenhes de desejos. Bonito, Fred. Bj

nina rizzi disse...

ainda que é humano, não fosse e divinidades como essa não nos passaria. parabéns, marujo :)

ah, pensei noutra imagem
: hieronymous bosch. o seu mais famosos. veja se curte ;)

beijo :)

Cris Animal disse...

Fred, maravilhoso!
No poema vc colocou o que seria o amor pelo amor. O amor apenas sentimento. Fraternal....amor de anjo e a impossibilidade de um homem amar como tal.
Lindo demais.
beijo
.............Cris Animal

Moça do Fio disse...

Não precisamos ter asas para acolher quem amamos.

Basta carinho e dedicação.

=))

Beijinho.

fred disse...

Graça,
Creio que tenho no olhar o angelical espanto pela vida, mesmo sem asas, mesmo não sendo um anjo.
Ou, talvez, seja exatamente o que tenho de anjo: este olhar.
Agradeço-lhe a leitura e comentário.
Abraços

fred disse...

Pois é, Rossana. Prefiro, então, a condição humana.
Obrigado.
Beijos

fred disse...

Bondade sua, Adriana.
Obrigado
Beijos

fred disse...

Eu gosto de Bosch, Nina, mas não encontrei nenhuma imagem melhor para ilustrar este poema: o tempo foi curto para procurar. Se achar uma melhor, talvez troque.
Obrigado.
Beijos

fred disse...

Gostei muito do seu comentário, Cris. É como pensei o poema.
Agradeço-lhe.
Beijos

fred disse...

De fato, Moça do Fio , para acolher os braços são melhores que as asas.
Obrigado.
Beijos

Elis Zampieri disse...

Se fosse um anjo visitarte-ia enquanto dormes e te abençoaria com o dom da eterna poesia pra que te acompanhasse sempre por onde quer que andasse.

Na dose certa pra me emocionar.

Maria Clara Pimenta disse...

Fred,

venho através do blog da H.F.

Lindo poema! Vc é um anjo - com certeza! Um anjo da poesia.

Excelente lirismo. Parabéns!

Sempre que puder lhe visitarei.

Abraços,
Maria Clara.

Mari Amorim disse...

Tenho gostado muito dessas últimas ilustrações,Fred.
' se eu fosse um anjo',
eu dira- nas horas e horas e meias,
ser um anjo jamais conseguiria...
Parabéns!
Mari

fred disse...

Ô, Elis,
Só mesmo com a benção dos anjos para que a poesia permaneça sempre, Elis, pois o normal, pelo menos em mim, é que atravesse períodos, alguns bastante longos, no qual a poesia se ausenta misteriosamente.
Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário.
Beijos

fred disse...

Maria Clara,
Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário.
Ficarei contente se realmente vier sempre ao blog.
Abraços

fred disse...

Obrigado, Mari.
Deixou-me contente o seu comentário.
Beijos

On The Rocks disse...

belo. muito bom.

você é um poeta de mão cheia.

abs

fred disse...

Bondade sua, Tarcísio.
Obrigado.
Grande abraço

Ines Motta disse...

Olá, Fred, boa tarde!
Muito obrigada pela sua visita aos meus sítios e pelo comentário gentil.
Gostei deveras do seu blog...lindos seus poemas!
Um abraço.

fred disse...

Eu que agradeço, Ines.
Espero que venha sempre.
Abraços

Mirse disse...

Perfeito em conteúdo, versos e um lirismo harmonioso como o dos anjos.
O poeta passa para quem o lê como seria bom se anjos fôssemos.
E anjos fazem voar pensamentos!

Parabéns Fred!

Aplausos

Abraços

Mirse

fred disse...

Agradeço-lhe, Mirse.
Beijos

myra disse...

lindissmo poema, Fred um abraço, myra

fred disse...

Obrigado, Myra.
Fico contente que você goste.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias