sexta-feira, abril 24

um som


ilustração: Salvador Dali


eu queria escrever um som

sem enredo

sem nexo

sem sentimento

 

um som

somente

 

imagine então...

 

não

não precisa imaginar

 

apenas ouça

a batida surda

compassada

 

do seu próprio coração.

 

 

 

Fred Matos


20 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

A amizade é o conforto indescritível de nos sentirmos seguros com uma pessoa, sem ser preciso pesar o que se pensa, nem medir o que se diz.
(George Eliot)
É um belo poema, parabéns!
Tenha um final de semana com muito carinho.
Um abraço

fred disse...

É exatamente assim a amizade, Sonia.
Agradeço-lhe a amizade, visita, leitura e comentário.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Mirse disse...

Já o fez, Fred!

Lindo poema, que nos interioriza no som das batidas ritimadas do coração de cada um.

Que nossos corações, (de todos os seus leitores) no final de hoje Unam em orquetra esse som poema.

Belíssimo!

Abraços

Mirse

fred disse...

"Que nossos corações, (de todos os seus leitores) no final de hoje Unam em orquetra esse som poema."Digo o quê?

Agradeço, é só o que posso fazer.

Beijos, Mirse

Poeta Carlos Gargallo disse...

Bello blog sin duda, felicidades por el un abrazo.

Mirse disse...

Boa noite, Fred!

Amanhã é aniversário da Hercília.

Ela pede como presente, poemas de amigos.

Estou a intermediá-la. Abrirá uma página para expor.


Conto com você, e ela mais ainda

Grata

Mirse

Efigênia Coutinho disse...

"um som"
eu queria escrever um som

Estes seus versos estão soberbos, pois eu cheguei a escutar os sons dos batimentos do coração....
ADOREI,
Efigênia Coutinho

coisas que vi e vivi disse...

Fred isto já está se tornando um vicio, chego faço o que teno que fazer e venho sentir a tranquilidade e a beleza dos seus textos.Fazer um som, e escutar o compassar do das batidas do coração, sabe que antes de te responder me pus em repouso, silêncio e senti o compassar das minhas batidas é maravilhoso, um poema, se eu tivesse feito isto pela manhã talvez,não tivesse tomado algumas decisões, sim porque minha vida é decidir o destino das pessoas, talvez eu procusse ouvir o coração delas e o compassar do meu etalvez.....
Naõ dá vontade de sair de sua casa tão aconchegante que é e o conforto de suas palavras.
beijos
LI

Batom e poesias disse...

Queres escrever um poema sem nexo?
Um poema sem enredo e sem sentimento?

Difícl missão poeta...

Mas Fred consegue.

Passei para respirar um pouco do ar caiçara dessa casa de poesia.

beijos
rossana

Adrianna Coelho disse...


um som que escreve a vida...

beijos, fred

Nanda Assis disse...

neste momento meu coração ta fazendo um rock metal.

bjosss...

Mara faturi disse...

Belíssimo som ;)
*no momento meu acorde desconcerta entre rock e blues e solfejo em vermelhos;)
bjo grande!

fred disse...

Agradeço-lhe Carlos, poeta e xará.
Grande abraço

fred disse...

Mirse,
Deixei na sua página e publiquei na minha.
Como não sei se fiz como devido, colocarei também, como comentário, em post da Hercília.
Beijos

fred disse...

Agradeço-lhe, Efigênia.
Beijos

fred disse...

Deixou-me muito contente o seu comentário, Li.
Obrigado.
Beijos

fred disse...

Bondade sua, Rossana.
Beijos

fred disse...

Suas visitas, leituras e comentários sempre me deixam muito contente, Adrianna.
Beijos

fred disse...

Que bom, Nanda.
Obrigado.
Beijão

fred disse...

Ê, Mara, que bom te ver aqui.
Obrigado.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias