quinta-feira, março 11

coda



não sei quem é o autor da foto


em tudo e por tudo deslocado
liberto pra tomar qualquer destino
palavra ante palavra negaceio
pousar os pés na página ímpar
ainda tenra como a pétala alva
do lírio.

& mais lhes digo sob a pena
do pavão que à beira do caminho
espera comportado a nau de Cronos
ao lado de uma certa senhorita
ainda tenra como a pétala púrpura
do vinho.

& nestas tortuosas paralelas
ditadas por um Narciso louco e cego
nada há que se oculte ou se revele
pois é esta a essência desta coda
ainda tenra como a pétala rara
da alma.




Fred Matos
publicado em "Anomalias".
Editora Kelps
Setembro/2002

38 comentários:

Fabio Rocha disse...

Ficou ecoando aqui: "liberto pra tomar qualquer destino"...

Abração

Fred Matos disse...

Que seja um eco bom, Fabio.
Grato por vir e comentar.
Abração

Mirse Maria disse...

Lindo, Fred!

Um poema rubro como a pétala púrpura do vinho, contrastando com a alvura da pétala do lírio!

Há muito nas entrelinhas!

Parabéns, Poeta!

Beijos

Mirse

Úrsula Avner disse...

Oi Fred,

bela construção poética com ricas metáforas... Um abraço,

Úrsula

valvesta disse...

Senhorita és pétala de lírio,
uva púrpora pro vinho,
também paralelas de destino que
cega e revela-se; és uma flor que perfuma a alma do poeta.
Fred um beijo

malmal disse...

Acredita em falta de tempo para escrever/visitar/comentar/ler?

A vida aqui está corrida e eu corro feito o chapeleiro maluco rsrsr.

Não te esqueço, virei mais vezes, obrigada por tb não esquecer Malmal....

beijão

Sonhadora disse...

Fred
Lindo poema, adoro sua escrita, uma maneira especial de escrever.

Beijinhos
Sonhadora

Sandra Botelho disse...

Estilo Parnasiano?
Dificil heim?
Lindo poema. Bjos no coração!

kyungmee disse...

wonderful space you have here. And words:)

myra disse...

que bom que hoje pude entrar!! ontem estava como blocado. Este texto teu é realmente muito muito bom!
voce é grande!!!!
beijos

www.gigi-e-myra.blogspot.com

se quiser....

Fred Matos disse...

"Há muito nas entrelinhas!"

Mirse,
Seria interessante se nós pudéssemos pedir a várias pessoas que dissessem o que encontraram nas entrelinhas de um poema, não necessariamente este, sem saber o que as outras disseram, e, depois, cotejar as várias leituras. Intuo que teríamos tantas interpretações quanto interpretantes, e que todas elas surpreenderiam o autor.
Sem levar em conta os aspectos rítmicos dos textos, os poemas que mais gosto são os que permitem mais possibilidades de leituras, os que deixam mais espaço para a recriação ou co-criação.
Agradeço-lhe pelo comentário
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Úrsula. Fiquei contente por você gostar.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Gostei da sua leitura, Val. Gostei muitíssimo. Obrigado.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Ah! Malmal, você, com vida corrida? Que novidade é essa? Cheguei a me preocupar com o seu sumiço, menina. Seu blog parece cidade fantasma.
Bom vê-la novamente aqui.
Obrigado por vir.
Ótimo fim de semana.
Beijão

Fred Matos disse...

Que bom que você gostou,Sonhadora.
Obrigado
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Essas coisas de estilo eu não entendo, Sandra, mas tenho quase certeza que o deste poema está longe de ser parnasiano.
Grato pela visita e comentário.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Its also wonderful, Kyungmee.
Thank you for your visit and comment.
Great weekend.
Kisses

Fred Matos disse...

Seus comentários sempre me botam pra cima, Myra. Obrigado.
Sempre quero, querida, às vezes o tempo é que é curto.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Adriana Godoy disse...

Fred, confesso que tive que ler algumas vezes pra entender. E foi bom quando entendi. beijo.

lágrima disse...

"há muito nas entrelinhas"

É verdade, essa consideração que teceste...
Não fôra eu saber que este poema já foi escrito escrito há tempos, e comentá-lo-ia como se nele me estivesse a ver ao espelho. É o que acho de muito interessante nas prosas e versos que leio dos escritores, as coincidências de cada um de nós se poder rever neles, como se quem escreve fosse vidente e pudesse adivinhar quem os lê...!
Interessantíssima esta coincidência da tua publicação com um acontecimento meu actual! :)))
Gosto de como escreves, necessário ler e reler, para entender, cada um à sua maneira!
Excelente fim de semana também para ti. Obrigada.
Beijo.

Fred Matos disse...

Se foi bom, fico contente, Adriana.
Obrigado.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

"...comentá-lo-ia como se nele me estivesse a ver ao espelho.

Por isso que,não sempre, mas muitas vezes, não dato, ou retiro as datas dos poemas: eles devem ser atemporais. Poema bom para mim é aquele no qual me sinto obrigado a participar com a minha interpretação: vendo-me ao espelho.

Agradeço-lhe, lágrima por vir e comentar.

Ótimo fim de semana.
Beijos

ma grande folle de soeur disse...

a pétala rara da alma... ótimo fds para você tb Fred :) bjs

Duanny!. disse...

ahh LINDO como sempre.

como é bom vir aqui te ler.

;D

quandoeumechamarsaudade disse...

Que surpresa meu seguidor é um poeta! Adorei :)
Venho no momento para agradecê-lo.
Espero que tenha gostado do meu cantinho!

Beijo grande!

Estefani

Angela Calou disse...

Liberta, libertina. Amassando nos bolsos os lírios e a primavera.
Acostumada à consumada desdita, dormindo com um meio olho aberto que desenha no teto, com tinta de veneno, as pétalas-palavras descabidas ao papel e às flores...

Bom fim de semana pra vc tb, Fred.
Desta Srta. narcisa e louca como Fausto e cega como Édipo e seu pecado de querer-saber.

continuando assim... disse...

novo capítulo na história de Alice ,
lá no

...continuando assim...

obrigada por seguires:)

bj
teresa

Daniela Filipini disse...

Ótimo, muito bom, muito bonito!

Fred Matos disse...

Obrigado, Lucília.
Beijos

Fred Matos disse...

Já que é bom, venha mais vezes Duanny. Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

Gostei,Estefani. Ou não estaria seguindo. Espero vê-la mais vezes aqui. Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

Seus comentários poéticos são sempre interessantes, Angela. Agradeço-lhe por isso.
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe pelo aviso, Teresa.
Beijos

Fred Matos disse...

Que bom que você gostou, Daniela: deixa-me contente.
Obrigado.
Beijos

Nydia Bonetti disse...

Adoro esta palavra "deslocada". Talvez seja a palvar que mais diga de mim. :)
Ouvi música por aqui, Fred. Abraços!

Delirius disse...

Este poema pegou-me na alma, sabia?!
Deu-lhe um abraço e um beijo e fez-lhe carinhos, depois voltou a colocá-la no sítio e ela espantada correspondeu-lhe ao sorriso e disse-lhe: gosto de Lírios e também de Narcisos, pena que sejam vaidosos...

:)) brincadeira :))
Amei esse poema, e outros que li.
Abraço.

Fred Matos disse...

Eu não podia querer mais que isso, Nydia.
Obrigado.
Ótima semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Fico contente que gostes, Delírius. Obrigado.
Ótima semana.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias