sexta-feira, outubro 31

todos os tons do amarelo.


foto: Fred Matos

não descreias de mim
não sou como esta gente
que vê diante de si
somente
seus interesses mesquinhos


a magoar-te
prefiro caminhar sozinho
acompanhado dos meus fantasmas


um único teu sorriso me basta
ou o olhar de quem constata
que nem todos são iguais


como não são iguais
todos os tons do amarelo.



Fred Matos


4 comentários:

yehuda disse...

fantasmas sempre colados
sombras noturnas
nunca iguais
mas as mesmas
não há fuga
há nuances na tortura

fred disse...

tem razão, amigo,
e eu grato pela sua leitura
e comentário
abraço-o

Anônimo disse...

A confiança simplifica tudo!
Tens um belo blog!
Beijos
http://sex-appeal.zip.net
http://cara-nova.zip.net

fred disse...

Obrigado, Raquel, pela visita, leitura e comentário.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias