sexta-feira, dezembro 26

a música das horas e horas e meias


Novos Baianos

Mistério do Planeta






Composição: Galvão - Moraes Moreira


Vou mostrando como sou
e vou sendo como posso:
jogando meu corpo no mundo,
andando por todos os cantos
e pela lei natural dos encontros,
eu deixo e recebo um tanto
e passo aos olhos nus
ou vestidos de lunetas.
Passado, presente,
participo sendo o mistério do planeta.
O tríplice mistério do "stop",
que eu passo por e sendo ele
no que fica em cada um.
No que sigo o meu caminho
e no ar que fez e assistiu.
Abra um parênteses,
não esqueça
que independente disso
eu não passo de um malandro,
de um moleque do Brasil,
que peço e dou esmolas,
mas ando e penso sempre com mais de um,
por isso ninguém vê minha sacola.

6 comentários:

Cleyton disse...

Adorei ouvir essa música. Abraço!

uma personagem disse...

Tem muita coisa daqui que ainda preciso conhecer. Me sinto uma estrangeira.

fred disse...

Abraço, Cleyton. Bom receber a sua visita.

fred disse...

Fico contente com o seu interesse em conhecer, Gabriela. Sinta-se em casa.
Beijos

myra disse...

visitei teu blog atraves de meu irmao Iosif, com razao voce tem tantos comentarios, teu blog é fantastico!
e como diz a "uma personagem " eu tambem me sinto uma estrangeira aqui....
um abraço, myra

fred disse...

Fico muito contente com a sua visita, Myra. É uma honra. Já estive no seu blog, mas, infelizmente, só leio em português. Ficarei contente se você voltar e se sentir em casa, não mais uma estrangeira.
Abraços

pesquisar nas horas e horas e meias