sexta-feira, janeiro 16

micrograma



Foto: Fred Matos



Já tintura a tarde ─

O alarido da cigarra

desperta a noite
.




Fred Matos

10 comentários:

hfm disse...

Gosto tanto de haikus.

Nanda Assis disse...

que céu lindo!!!

bjosss...

Saara Senna disse...

Muito legal texto e imagem, mas confesso que fiquei confusa com a relação "título X texto"...

Beijos e bom final de semana!

gabi disse...

ó. adoro isso tudo natureza.

Luisa disse...

foto e texto.. ótimos.

gosto desses posts curtos e tão significativos.-

bjo

fred disse...

Obrigado, Helena.
Beijos

fred disse...

Foi em Porto Seguro, no pôr-do-sol
Obrigado, Nanda.

fred disse...

Saara,

É devida a explicação:
Quando lancei o livro “Eu, Meu Outro”, em 1999, o meu amigo Goulart Gomes não havia ainda cunhado a expressão poetrix para referir-se a tercetos que os puristas não gostam que sejam chamados haicais por usarem metáforas, não observarem a obrigatoriedade do kigô e outras questiúnculas que dividem os especialistas na matéria.
Como eu não estava disposto a discutir se eram ou não haicais os meus tercetos, usei o nome micrograma, que havia sido inventado pelo grande poeta equatoriano Jorge Carrera Andrade, nos anos vinte do século passado.
Eu postei, com esta explicação, em 28 de novembro os microgramas publicados no “Eu, Meu Outro”, no seguinte link.
http://eumeuoutro.blogspot.com/2008/11/microgramas.html

No caso deste, que é inédito em livro, não posso chamá-lo haicai porque tem uma metáfora: “a das cigarras despertando a noite” e não usei simplesmente poetrix porque este terceto não tem título.

Ótimo fim de semana pra você também.

Beijos

fred disse...

Agradeço-lhe a vinda, leitura e comentário, Gabi.
Beijos

fred disse...

Obrigado, Luísa.
Beijos.

pesquisar nas horas e horas e meias