segunda-feira, janeiro 19

sêmen



ilustração: Peter Witkin


semear sonhos
até que vicejem
matéria viva:

é este o motivo da poesia?



Fred Matos

8 comentários:

On The Rocks disse...

provavelmente, não?

fred disse...

provavelmente, sim.
Abração, Tarcísio.

Jo Bittencourt disse...

sei lá...penso q esse antemomento, quase tormento, q pode alimentar um escrito é de fertilidades.


beijo, Fred!

Ariane Rodrigues disse...

Sim, mas não sabemos que solo fertilizará, se nascerá, florescerá...Ainda assim, continuamos a semear, não é? Abraços!

Aníbal Raposo disse...

Caro Fred,

Penso que a função do poeta é semear. Depois, logo se vê...

fred disse...

Obrigado, Jo.
Beijos

fred disse...

Pois é, Ariane. Semear é preciso.
Obrigado, amiga.
Beijos

fred disse...

Porém, meu caro Aníbal, devemos nos lembrar que Vinícius disse que quem semeia vento colhe tempestades.
Grato pela visita, leitura e comentário.
Abraços

pesquisar nas horas e horas e meias