sexta-feira, abril 3

a música das horas e horas e meias



Mazzy Star

Fade Into You






I want to hold the hand inside you
I want to take a breath that's true
I look to you and I see nothing
I look to you to see the truth

You live your life
You go in shadows
You'll come apart and you'll go black
Some kind of night into your darkness
Colors your eyes with what's not there

Fade into you
Strange you never knew
Fade into you
I think it's strange you never knew

A stranger's light comes on slowly
A stranger's heart without a home
You put your hands into your head
And then smiles cover your heart

Fade into you
Strange you never knew
Fade into you
I think it's strange you never knew

Fade into you
Strange you never knew
Fade into you
I think it's strange you never knew
I think it's strange you never knew

14 comentários:

Batom e poesias disse...

Ui Fred, consegui postar um vídeo, graças a você. Valeu mesmo.

Ainda postei a letra separada, mas agora já descobri como colocar tudo junto na mesma mensagem.

Vou na valsa, mas aprendendo sempre.

Grata
beijão

Rossana

nina rizzi disse...

nossa, eu que já tava mei down.. caí na fossa de vez. que tal margie joseph? rs...

belíssima a aula de história aqui embaico. sabia não...

beijo :)

Efigênia Coutinho disse...

Mazzy Star
Fade Into You

Bravo!!!
Eu jamais saberia viver sem música.
Costumo dizer que a poesia é um tripé:
Musúca
imagens
palavras.

FELIZ PÁSCOA 2009
Efigênia Coutinho

Tatiana disse...

Um belo final de semana para você e para todas as pessoas que estão em seu coração!

Um beijo carinhoso

fred disse...

Fico contente que tenha conseguido, Rossana.
Não tem que agradecer.
Beijos

fred disse...

Fique down não, Nina. É só música. (risos).
Beijocas

fred disse...

Eu também não sei viver sem música, Efigênia.
Obrigado.
Beijos

fred disse...

Um ótimo fim de semana também pra você e para todos os que você ama, Tatiana.
Beijos

manzas disse...

O sol rasga os panos do horizonte
Em pacífico brilho de sua magnitude…
Cadenciado ondular que em mar bronze,
Excelsa beleza no marulhar da virtude!

A rocha na ânsia do dia, bebe sedenta do mar,
Firmada num profundo e desigual chão azul …
Cristalizadas águas reflectem o planar,
Das majestosas e imperais… gaivotas do sul!

Gostava que comigo
Desse asas á sua imaginação,
No… “Portal da rocha… penedo do guincho!”

Um bom fim-de-semana,
Com muita inspiração
E na mente… um sorriso!

O eterno abraço…

-MANZAS-

Priscila Bilhalva disse...

Música e poesia combinam muito bem para mim. E vc Fred, consegue escrever escutando música ou apenas no silêncio? bjo bjo

Mari Amorim disse...

Olá Fred!
Perfeito...

beijão
Mari

fred disse...

Obrigado, Manzas.

fred disse...

Para escrever preciso de silêncio, Piscila.
Agradeço-lhe a visita e comentário.
Beijos

fred disse...

Obrigado, Mari.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias