segunda-feira, maio 25

grão da palavra


foto: Mário Cravo Neto



eram sem nome todas as coisas
na mudez das horas absolutas
no fluir selvagem dos elementos
dos bichos
dos astros
das plantas

eram sem nome
até que o homem
empunhando a clava
fez-se ereto

eram sem nome
até a percepção da solidão
do amor
do ciúme:
sentimentos inatos da espécie

eram sem nome
e ele criou
nos primeiros signos rupestres
o grão
onde a palavra floresce




Fred Matos
publicado em "Anomalias".
Editora Kelps
Setembro/2002

18 comentários:

nina rizzi disse...

é como eu as sinto
as palavras-me
lavram
e eu cei(f)o-as.

belíssimo, fred. contemplo :)
beijo.

Graça Pires disse...

Fred, um magnífico poema este!
Um abraço.

Vieira Calado disse...

Um poema que achei muito interessante,
a mostrar o engenho do autor.


Um abraço

Adriana Godoy disse...

Belíssimo, Fred. O grão onde a palavra floresce. Bj

Nanda Assis disse...

um poema hitorico!!!

bjosss...

fred disse...

Obrigado, Nina.
Seus comentários sempre enriquecem meus posts.
Beijos

fred disse...

Deixa-me contente que tenha gostado, Graça.
Obrigado.
Abraço

fred disse...

Obrigado, Vieira.
Contente pela sua visita, leitura e comentário.
Abraços.

fred disse...

Que bom que você gostou, Adriana.
Agradeço-lhe.
Beijos

fred disse...

Obrigado, Nanda, pela visita, leitura e comentário.
Beijos

Mirse disse...

Lindo poema,Fred!

O início, o grão que a tudo frutifica, amadureceu em você essa imagem do grão quase mística!

Belíssimo!

Parabéns!

Mirse

fred disse...

Fico contente por você gostar, Mirse.
Obrigado.
Beijos

Batom e poesias disse...

e são as palavras, hoje, a nossa clava, nosso instrumento de poema.

beijo
Rossana

Elis Zampieri disse...

Eram sem nome as coisas, até que algum dia alguém definiu. Beleza, sensibilidade, talento...
Traduzia-se sua escrita.
Bjos Fred.

fred disse...

Bem dito, Rossana.
Obrigado.
Beijos

fred disse...

Bondade sua, Elis.
Agradeço-lhe.
Beijos

Renata de Aragão Lopes disse...

Belíssimo poema!

fred disse...

Agradeço-lhe, Renata, pela visita, leitura e comentário.
Ótima semana.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias