segunda-feira, maio 18

poética


foto: Mário Cravo Neto



são os meus versos
diálogos de sombras

nem saga nem drama
              paisagens

íntimas e indecifráveis
minhas 
              monotonias

mais
não me permito

meu tímpano arde
silêncio infinito

súbito
grito

menos
não me proponho

minha boca tange
sinos e sonhos

súbito
calo



Fred Matos




22 comentários:

Nanda Assis disse...

forte e intenso.

bjosss...

hfm disse...

Como gosto da força enxuta destes teus versos! Grande poema, amigo.

Adriana Godoy disse...

versos fortes, palavras que vibram. beleza de poema, beleza de mensagem. beijo.

Elis Zampieri disse...

E como gritam esses nossos silêncios...

Muito bom Fred!

A garota do copo d'gua disse...

daqui sinto o timbre vibrar..
belo!
mais que isso, intenso.

Compulsão Diária disse...

Se a boca tange sinos e sonhos a sina é dos versos em diálogo com mais luz

Mirse disse...

Forte a imagem!

Belo o poema!

"mais não me permito...
menos não me proponho"

Maravilhoso!

Parabéns, Fred!

Forte abraço

Mirse

fred disse...

Agradeço-lhe, Nanda.
Beijos

fred disse...

Obrigado, Helena.
Deixa-me contente a sua visita, leitura e comentário.
Beijos

fred disse...

Que bom que você gostou, Adriana.
Obrigado.
Beijos

fred disse...

Os gritos dos nossos silêncios são apenas para os nossos próprios ouvidos, Elis.
É assim que é e é natural que seja assim.
Obrigado.
Beijos

fred disse...

Agradeço-lhe, garota , pela leitura e comentário.
Beijos

fred disse...

Obrigado, Compulsão . Bom te ver aqui.
Beijos

fred disse...

Obrigado, Mirse.
Fico contente por você gostar.
Beijos

nina rizzi disse...

tua poética é tudos, caríssimo! feita traopicália-marginália :)
e, ave, cala não, grita tudos. até silencio.

green day foi surpresa!

beijo :)

fred disse...

Obrigado, Nina. Bondade sua.
Ontem à noite eu zapeava a tv quando fui surpreendido por esta interpretação do Green Day. A banda eu já conhecia, mas não esta versão do “Working Class Hero”, que não fica a dever à do próprio Lennon.
Beijos

ellen disse...

Bonito :)
adoro poesia...

e obrigada pela sua visita no meu Blog. Volte sempre.

beijinho para si

fred disse...

Agradeço-lhe, Ellen.
Irei sim.
Volte sempre também.
Beijos

Mari Amorim disse...

Olá Fred,
que lindo!,sou fã de carteirinha de seus poemas.
agradeço a carinhosa visita,
não estava conseguindo postar nos blogs que há letras de confirmação,
essas letrinhas!!!
há uma coletiva em defesa da infância,seu comentário é importante,e sua visita um prazer.
beijão
Mari

fred disse...

Agradeço-lhe, Mari.
Tem o meu apoio qualquer iniciativa em favor das crianças.
Beijos

Adrianna Coelho disse...


fred, eu nem gosto de dizer o que vou escrever agora, mas vou, assim mesmo: se não me falha a memória do sentimento, esse seu poema é, para mim, um dos seus melhores... demais!!! demais mesmo!!

beijos

fred disse...

Obrigado, Adrianna.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias