segunda-feira, junho 8

tantos tês




ilustração: Ken Brilliant


triste máscara da tarde
tantos tês da tua tatuagem
tez tinta tanino trazes

entretanto

tateando tuas tetas
todos os temas tropeçam
teço tropos trovejo versos.




Fred Matos
12/06/2003

8 comentários:

ma grande folle de soeur disse...

geniais estes tês! uma excelente semana para você tb! :))

Mirse disse...

Oi Fred!

Na ilustração riquíssima vi a própria língua ferina sibilandoo que trazia.

Acredito que o "tateando tuas tetas", mapeando=a com o tato, tropecem e trovejem os versos do poeta. Claro!

Belíssimo jogo entre as palavras e riquíssimas rimas!

Parabéns, poeta!

Beijos

Mirse

Nanda Assis disse...

fortes, texto e imagem.

bjosss...

fred disse...

Obrigado, ma grande folle de soeur". Fico contente por você gostar.
Beijos

fred disse...

Sua leitura valoriza o poema, Mirse.
Agradeço-lhe.
Beijos

fred disse...

Que bom que você gostou, Nanda.
Obrigado.
Beijos

Ariadna Garibaldi disse...

Fred, vim aqui para ler o "balé" lindíssimo, por sinal. Fui navegando por entre tuas letras e encantou-me os "tantos tês", achei genial!!

Vir aqui é sempre uma delícia!

Bjs

Ada

fred disse...

Obrigado, Ada.
Venha sempre, fico contente.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias