sexta-feira, setembro 18

perguntas


não sei quem é o autor da foto


que importa restarem farelos
se os pães são fabulosos?

e se na fábula os castelos
tinham princesas apaixonadas?

que importa a porta fechada
se dentro não há mais nada?

e em havendo não alimenta
nem aquece a madrugada?

e que importa tantas perguntas
se só há respostas erradas?


Fred Matos



Aviso: Esta madrugada estaremos (eu e Dila) seguindo para Palmas (TO) para passar uma semana com Amon, o primogênito. Não sei se terei oportunidade de vir ao blog neste período.
Desejo a todos ótimos dias.

33 comentários:

Adriana Godoy disse...

Importa ler um poema como esse e fazer mais perguntas...gostei. Bj

Wania disse...

Importa ou não importa?
Eis a questão...

Fred, criar é o que importa!
Bela criação a tua.

Bjs

Mirse Maria disse...

É verdade, Fred!

Damos importância à tantas bobagens, que esquecemos que o que realmente importa é a vida.

Belíssimo!

Beijos

Mirse

Fred Matos disse...

Obrigado, Adriana.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Concordo com você Wania, "criar é o que importa".
Fico contente por você gostar.
Beijos

Marisete Zanon disse...

importa o poema, este sempre de portas abertas a nos fazer um convite de ir!
esmaques

Marisete Zanon

Marisete Zanon disse...

E ir mais além...

Fred Matos disse...

É isso, Mirse, a vida, mesmo quando a vida fantasiada é mais bela que a vida vivida.
Obrigado, amiga.
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe, Marisete, pela visita, leitura e comentário.
Volte sempre.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Lara Amaral disse...

Importa se o pouco que sobrou foi de um todo marcante, significativo.
Belo poema, Gostei! Beijos.

Sonia Schmorantz disse...

Importar, importa..só fica sem sentido!
Bom é ler toda essa diversidade, criatividade...
abraço, ótimo final de semana

Amélia disse...

Do poema gostei muito.E agiora desejo-te boa viagem e bom descanso, amigo!Beijo

BAR DO BARDO disse...

Muito bem, meu rei!

myra disse...

gostei, gostei, gostei muito! e bom Domingo junto aos teus queridos,
um abraço,

Úrsula Avner disse...

Olá Fred, são mesmo muitas perguntas e poucas respostas, entretanto, as primeiras nos mobilizam enquanto as últimas, nos fazem estagnar. Gostei da reflexão proposta no poema. Já tinha lido alguns poemas seus postados em outros blogs, mas só agora tive oportunidade de te contatar diretamente. Faço parte do Maria Clara Simplesmente Poesia a convite da Hercília Fernandes e tenho 3 blogs de poesias- para adultos e crianças. Prazer em conhecer seu rico espaço poético. Um abraço.

Fabio Rocha disse...

"que importa a porta fechada / se dentro não há mais nada?"

Ótimos dias pra vocês também! Tanto quanto estes versos, amigo... ;)

Elis Zampieri disse...

Que importa...Se quando vens enche-nos os olhos e a alma. Espero que teha sido boa a viagem.

Bjos e saudades!

Fred Matos disse...

Obrigado, Lara.
Ótimos dias.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Sonia.
Deixa-me contente vê-la aqui.
Beijos

Fred Matos disse...

Está sendo ótima a viagem, Amélia. Aqui, centro do Brasil, não há o mar, mas praias de rios, lagoas e cachoeiras. Na volta publicarei algumas fotos.
Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Henrique.
Abração

Fred Matos disse...

Obrigado, Myra.
Somente agora pude acessar o blog e muito rapidamente.
Beijos

Fred Matos disse...

O prazer é meu, Úrsula.
Espero que venha mais vezes.
Como você deve ter lido, estou em viagem: quando retornar visitarei seus blogs.
Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Fabio.
Grande abraço, poeta amigo

Fred Matos disse...

Está sendo ótima, Elis.
Obrigado.
Bom te ver aqui outra vez.
Beijos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Tudo que não leva a nenhuma solução a não precisa existir...só se for para lermos poema de tão bom gosto!

Muito bonito...

Beijo!

Sonia Regina.

Fred Matos disse...

Obrigado, Sonia.
Beijos

Jaqueliny Euzébio disse...

Boa viagem!

E eu gostei daqui, me identifiquei. Principalmente porque eu descobri que não sou a unica que acha essas novas regras a coisa mais idiota e desnecessária que existe!

lírica disse...

Gosto tanto deste poema Fred!
bj
Lírica

em tempo: ótimo passeio, Palmas para vc ;)

Fred Matos disse...

Pois é, Jaqueliny. A reforma ortográfica só não é desnecessária para alguns (editores de livros, sobretudo) que vão ganhar muito dinheiro com novos dicionários e revisão de livros didáticos.
Fico contente que você tenha gostado do blog.
Volte sempre.
Ótimo domingo
Beijos

Fred Matos disse...

Seu comentário tem grande valor para mim, Lírica.
Obrigado
Beijos

Talita Prates disse...

Muito sábio!

Talvez o que importa
sejam as perguntas.

Bjo!

Fred Matos disse...

Talvez, Talita. Desde que prescindam das respostas.
Agradeço-lhe por vir, ler e comentar.
Ótima semana.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias