terça-feira, novembro 10

partituras



ultra aequinoxialem non peccari

foto: Mário Cravo Neto


saberias decifrar partituras
sem a ciência do tempo?

sem a percepção geométrica
da vibração no vôo do som?

se não pudesses compreender
que todo sinal é metáfora?

eu nada sei de partituras

mas hás de convir comigo
que nada deve fazer sentido
pra quem não cantou conosco
que vale qualquer sacrifício
e que não existe pecado
no lado de baixo do equador.


Fred Matos

28 comentários:

Lídia Borges disse...

Um poema muito musical, de facto!

L.B.

Fred Matos disse...

Obrigado, Lidia.
Beijos

Wania disse...

Hás de convir comigo...

que as metáforas deixam as partituras muito mais ricas!!!


Fred, gosto deste teu jeito de não ter só um jeito de fazer poesia!!!
Sempre é muito bom vir aqui...

Bjão

Danielle Macena disse...

Gosto muito dos teus posts... sao todos perfeitos...

Mariana Andrade. disse...

também não sei nada de partituras. mas gosto de ouvir o som que elas produzem, e aprender a cantá-lo.

ótimo texto.
abraços.

A Moni. disse...

A música consegue transcender à ciência, à física, às notas, à métrica e tudo mais que a compõe... É quase perfeitamente democrática. Basta ouvir. Abrir a escuta e o coração.

Sem entender de partitura, ainda assim, preenche o coração...

Lindo, Fred...

Abraços!

Mara faturi disse...

Ainda bem que não precisamos das partituras para "poetar", rsrs...
Bom poema, como sempre querido Fred,
grande abraço!

Patrícia Lara disse...

Olá, Fred.

Vim conhecer seu espaço. Gostei muito dos seus poemas... vc escreve muito bem! Parabéns!

Me adicionei tb para voltar mais vezes.

Um abraço,
Patrícia Lara

myra disse...

tao bom vir aqui todos os dia, gostei muito, alias como sempre, um grande abraço,

Fred Matos disse...

Deixam, sim, Wania.
Além de que as partituras são metáforas de músicas, que são metáforas de estados de espíritos: se calhar, qualquer coisa é metáfora de uma outra coisa. Nós inclusive: metáforas do impossível? metáforas da mão divina? metáforas do acaso?
É sempre bom recebê-la aqui.
Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

Bondade sua, Danielle.
Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário.
Beijos

Fred Matos disse...

Eu também, Mariana. E adoraria saber ler e escrever música.
Obrigado pela visita,leitura e comentário.
Beijos

Fred Matos disse...

Pois é, Moni. Para mim a música é a linguagem divina, universal.
Grato pela visita, leitura e comentário.
Beijos

Fred Matos disse...

Mas, de certa forma, Mara, um poema é uma partitura de palavras.
Agradeço-lhe por vir, por ler e por comentar.
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe por ter vindo, lido, comentado e por passar a acompanhar o blog, Patrícia.
Volte sempre.
Beijos

Fred Matos disse...

Deixa-me muito contente que você venha sempre, que goste e que comente, Myra.
Obrigado.
Beijos

Marcos Satoru Kawanami disse...

"os judeus inventaram o pecado, e os cristãos se encarregaram de o espalhar pelo mundo."
(Joãozinho Trinta)

irreverente...
o.O
marcos

lírica disse...

Bela música Fred!
A foto do Cravo é muito boa!
bj

Fred Matos disse...

E eu acho que nos cabe eliminá-lo, Marcos.
Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário.
Grande abraço

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe, Lí.
Beijos

nina rizzi disse...

fred, não existe pecado em lugar algum, só na cabeça das pessoas, coitadas.

ai, que imagem mais gostosa. dá até vontade de sair dançando :)

o seu poema me fez pensar em alguém. alguém que só considera arte o que é "requintado". dãr.

um beijo.

ah, sim, só leio partitura de gaita.

Eliana Mora (El) disse...

gosto de ver partituras
ainda que não as saiba 'ler'
[porque as sinto]

belo poema, Fred


beijo da El

Tâmara disse...

"Todo sinal é metáfora..."

LIndo, isso!

real, eu diria!

Fred Matos disse...

Comungo contigo, Nina, exceto quanto a ler partituras: nem de gaita eu engato.
Este alguém talvez devesse saber, se é que não sabe e esqueceu, que toda arte nasce popular. Torna-se "requintada" quando deixa de se tornar acessível ao bolso da maioria.
Obrigado por vir, por ler e por comentar.
Beijos

Fred Matos disse...

Uma alegria receber a sua visita, leitura e comentário, Eliana. Espero que volte outras vezes.
Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

Que bom que você gostou, Tâmara. Obrigado pela visita, leitura e comentário. Volte sempre.
Beijos

Ianê Mello disse...

A música mais bela é aquela que toca a alma.

Lindo poema, Fred!

Toca como música a nossa alma.

Beijos

Fred Matos disse...

Que bom que você gostou, Ianê. Deixou-me comovido o seu comentário.
Obrigado.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias