quinta-feira, fevereiro 18

epitáfios



foto: Fred Matos

1

Aqui jaz um poema

sem tema e fugaz.
Oremos
pra que siga em paz.


2

Sob a pedra dos signos
jaz a palavra inaudita
morta sem ser nascida.



3

Oremos pelo espírito
[se ressurreição não houver]

dos mortos sem juízo.


4

Aqui jaz a esperança
a última que morre.

Já não há que lhe ore.


Fred Matos.

35 comentários:

Odorica Ion disse...

Salutari, din Romania !

Mirse Maria disse...

Que lindos esses epitáfios, Fred!

"Aqui jaz a esperança
a última que morre.
Já não há que lhe ore."

Será que é mesmo a última? De qualquer forma belos epitáfios em forma de HaiKais.

Beijos

Mirse

Fred Matos disse...

Saudações, Odorica.
Deixa-me contente a sua visita.
Beijos

Fred Matos disse...

É sim, Mirse. Só há vida enquanto há esperança. Mesmo quando pensamos que já não a temos, ela está lá, qual semente adormecida esperando oportunidade de brotar novamente.
Agradeço-lhe por vir, ler e comentar.
Beijos

Fabio Rocha disse...

Adoro poemas curtos. Achei muito legais esses, Fred. O primeiro, principalmente. Abração

Fred Matos disse...

Fico contente por você gostar, Fabio. Também pela visita, leitura e comentário.
Obrigado
Abraços

Sandra Botelho disse...

Belo epitafio, se é que um epitafio pode ser belo não é, levando-se em conta o que significam.
Porem foi muito bem escrito.
Bjos querido

Fred Matos disse...

Claro que pode ser belo, Sandra. O que precisamos é mudar a maneira como vemos a morte. Ela é apenas o inevitável fim da vida.
Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário.
Beijos

Sonhadora disse...

Fred
Adoro a sua poesia...muito linda.
Este poema é uma obra prima.

Beijinhos
Sonhadora

Fred Matos disse...

Obrigado, Sonhadora. Deixa-me contente que você goste.
Beijos

evandro mezadri disse...

Muito bons, grandes epitáfios.
Mostraram grandes significados.

Mariana Klein disse...

Muito bom!! Epitáfios podem ser bonitos sim, se fazemos o melhor até chegarmos a ele, por que não expressar essa beleza ?
Parabéns!!!

Adriana Godoy disse...

Oremos, então. Beijo.

tania não desista disse...

creio ser bem difícil uma boa inspiração nessa hora triste.

se os epitáfios fossem assim ...tão interessantes!..em haikais!
parabéns! bj
taniamariza

Deusa disse...

Muito interessante viu, gostei muito.
Eu penso , que alguns dos epitáfios, talvez representam , aquelas palavras que nunca foram ditas em vida !!
Um abraço grande

ma grande folle de soeur disse...

bela oração fúnebre ...beijos

Marcos Satoru Kawanami disse...

"os jazigos da foto são tão suntuosos, que até já encomendei meu caixão!"
(A Falecida, de nelson rodrigues)

"aqui jaz um inocente
que a luz do sol nunca viu,
foi filho de muitos pais
e da puta que o pariu!"
(Bocage)


=D
marcos

Valéria disse...

Belo epitáfio. Eu particulamente acho os epitáfios lindos, mas esse foi em vão - o poema não morre.

BeijooO'

myra disse...

lindos epitafios! lindas metaforas, alias como sempre, linda foto, voce é genial com razao meu irmao gosta de voce :)))
beijos

myra disse...

escrevi no "nosso" blog algo do livro Eu Vi..e tbem no meu, Parole, dele...
mais um beijo

valvesta disse...

Oi amigo, linda poesia, mas triste.
vim trazer flores ,eu não acredito que lá ela esteja, as flores dê um colorido ao seu dia, bom fim de semana.
abraços de paz

sopro, vento, ventania disse...

Fred, a foto e as falas fazem pensar: O que é que temos, mesmo, de verdade, além dos sonhos e da esperança de poder continuar a sonhar?
Belíssimas palavras... foto fantástica!
bjs

Maria V. disse...

quantas palavras morrem antes mesmo de nascer, não é? e ideias e sonhos e versos. lindo, como sempre.

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário, Evandro.
Estive no Lunático e gostei do que li.
Grande abraço

Fred Matos disse...

"se fazemos o melhor até chegarmos a ele, por que não expressar essa beleza?"

Isso é que é importante de fato, Mariana, fazermos o melhor até chegar a nossa hora, a do nosso epitáfio.

Agradeço-lhe por vir, ler e comentar.

Beijos

Fred Matos disse...

Oremos, Adriana.
Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

A tristeza diante da morte é uma questão cultural Taniamariza. Em muitos países africanos, por exemplo, dá-se o oposto: os funerais são festas quase carnavalescas que reúnem pessoas de todas as idades que dançam, cantam, brincam, comem, bebem, tocam tambores... As pessoas festejam que os seus mortos estejam deixando a vida na terra, onde cumpriram a sua trajetória, para subirem a uma dimensão onde gozarão de uma vida sem as aflições da vida terrena.

Agradeço-lhe a visita e comentário.

Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Que bom que você gostou, Deusa.
Grato pela visita e comentário.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Sempre fico contente com a sua visita e comentário, Lucília.
Obrigado.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Marcos,
Os jazigos da foto são no Cemitério da Recoleta, ponto turístico de Buenos Aires.
Ótima a quadra de Bocage.
E eu, mais uma vez, contente com a sua visita e contribuição.
Ótimo fim de semana.
Abração

Fred Matos disse...

Tendo a concordar com você, Valéria, mas em termos. Conquanto não me coloque na posição de julgar o que é bom ou o que é ruim, eu preferiria dizer que “os bons” poemas não morrem. Mas é possível que você tenha completa razão.
Agradeço-lhe por vir, ler e comentar.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Você sempre exagerando na sua avaliação, Myra, mas claro que isso me deixa contente: atesta a sua amizade. Obrigado.
Desejo-lhe um ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Vejo que a minha noção de tristeza é minoritária, Valvesta. Independente disso, agradeço-lhe as flores, a visita, a leitura, o comentário.
Tenha um belo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

"O que é que temos, mesmo, de verdade, além dos sonhos e da esperança de poder continuar a sonhar?"

Eu, francamente, acho que ter isso já é de bom tamanho, Cynthia, mas, além disso, temos muitas outras coisas, umas boas outras ruins, mas, entre as boas, há de destacar-se a amizade.

Agradeço-lhe, ao tempo que desejo que seja ótimo o seu fim de semana.

Beijos

Fred Matos disse...

Muitas, Maria.
Tantas quanto a minha gratidão pela sua visita, leitura e comentário.
Ótimo fim de semana.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias