domingo, abril 4

de enfiada



ilustração: Claudio Solera
Front and rear


decantação


deixe que o vocabulário decante
boiarão as palavras leves
as pesadas afundarão

devidamente separadas
decida-se a que se destina
a sua iminente criação

palavras leves se prestam
a hinos religiosos
poemas líricos
declarações de amor

reserve as palavras pesadas
para os épicos
para contos policiais
e outros textos tais quais


lapidação

entre as palavras leves
observe que umas brilham
parecem possuir luz própria

fique atento às que se escondem
nos cantos mais escuros da página
vítimas de extrema timidez

palavras que brilham são perigosas
gostam de inflamar as situações
mas, imprescindíveis, podem ser contidas
pelas palavras líquidas que você tem à mão.

use as tímidas com extrema parcimônia
depois que se sentem ambientadas
tendem a roubar para si toda cena
elas agem assim em qualquer poema


ensaio

uma borboleta bailarina
encontrou um vaga-lume vagabundo
e voaram juntos até o fim do mundo

no fim do mundo há uma cascata
onde as estrelas praticam regata
e o casal chupou uma tangerina

mas a fruta era de consumo exclusivo
de um poeta maluco que amava cítricos
e que para vingar-se do casal alado
pôs fogo no poema nas rimas e nos críticos

antecipou o apocalipse dançou um tango
mordeu meias dúzia de metáforas mofadas
cansou de ver teve, sentou aqui a bunda
e escreveu três besteiras de enfiada.


Fred Matos




34 comentários:

Veronica Rodrigues disse...

Fred, estou realmente muito encantada com suas palavras e seu blog. Obrigado pela visita ao meu blog, e por me seguir, estou te seguindo tambem e com certeza estarei sempre aqui. Voltei de viagem e voltarei a escrever.

Um beijo e boa semana pra ti.

http://coffeeblogandcigarettes.blogspot.com

Fred Matos disse...

Veronica,
Fico muito contente por você gostar do blog, segui-lo e por pretender vir sempre. Esteja certa que também irei, sempre que possível,ao Blog, Coffe and cigarettes, apesar de ser ex-fumante. Ficarei, contudo, com o blog e com o café.
Ótima semana.
Beijos

Hercília Fernandes disse...

Fred, adorei as lições poéticas. Irei refleti-las...

Fantástico post, meu amigo!

Um abraço caloroso,
H.F.

Sonhadora disse...

Fred
Lindo poema, gostei muito de ler.
Adoro a maneira de você escrever.

Beijinhos
Sonhadora

Wania disse...

Fred

Decantarei todas as palavras antes de usá-las. Usarei as leves para o seu fim e as pesadas para os outros. Cuidarei com toda atenção das tímidas, não deixarei que me roubem a cena e, por último, beijarei este poeta maluco que de uma borboleta, um vaga-lume e uma tangerina espremeu-nos este belo suco...rsrsrs!


A-D-O-R-E-I, meu amigo!
Matou minha sede!

Bjs

PS: que tua Páscoa tenha sido linda junto dos teus afetos. Inspirações e renasciemntos pra ti!

continuando assim... disse...

estamos perto do final... se final houver.
o capítulo 18, é o último capítulo do livro
quem já leu o "Continuando assim...", sabe como termina o livro.
A todos vocês que têm andado por aqui pacientemente , lanço o desafio prometido .
Antes de publicar o último capítulo , gostava que me dissessem como gostariam de terminar esta história de Alice e André.
Podem publicar os "vossos finais" nos comentários ou mandar directamente para o mail
queirozteresam@gmail.com
Irei postar aqui todos os finais possíveis , todos os "vossos finais" :)
Estou quase certa que algum de vós encontra o final perfeito.
está lançado o desafio, para já espero as vossas respostas
um grande beijo a todos !!

Teresa

Inagaki disse...

Grande Fred, obrigado, mais uma vez, pela (ins)piração trazida pelos teus versos. Aquelabraço!

Katrina disse...

Mas tirou o ar em 3 pauladas!

myra disse...

FANTASTICO!!!!! tudo! como gosto!!! gostei, voce é incrivel!!!
abraços

Valéria disse...

Confesso que esse título me chamou atenção...rs

BeijooO'

Fred Matos disse...

"Irei refleti-las..."

Não faça isso não, Hercília, pois o resultado pode ser uma reversão estilística para sendas esquisofredicas neoantigas. Uma lástima. (risos).

Agradeço-lhe o gentil cometário.

Beijos

Fred Matos disse...

"Adoro a maneira de você escrever"

Fico contente que você goste, Sonhadora

Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

"beijarei este poeta maluco que de uma borboleta, um vaga-lume e uma tangerina espremeu-nos este belo suco"

O poeta maluco pediu para que eu retribuísse o beijo em seu nome.

Quanto a mim, que não sou louco (risos), agradeço-lhe por vir e comentar.

Beijos

Fred Matos disse...

Seu recado foi recebido, Teresa.
Quanto aos poemas? Você tema algo a dizer?
Beijos

Fred Matos disse...

"...obrigado, mais uma vez, pela (ins)piração..."

De piração entendemos, velho e querido amigo. E eu é que agradeço pela sua visita e comentário.

Abração

Fred Matos disse...

"Mas tirou o ar em 3 pauladas!"

Respire fundo e pausadamente, Katrina.
Repita este exercício de respiração até normalizar o ritmo cardíaco.
Ficar ser ar é um perigo.

Obrigado, amiga, por vir e comentar.

Beijos

Fred Matos disse...

"voce é incrivel!!!

Incrível é você, Myra, que além de tudo sempre tem uma palavra de incentivo para mim.

Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

"Confesso que esse título me chamou atenção...rs"

Não vou nem perguntar o motivo, Valéria.

Grato pela visita e comentário.

Beijos

Sylvia Araujo disse...

ahhhhhhhhhh que maravilha!
Muito bom, Fred!
Decantar as letras é brilhante.

Beijoca

Fred Matos disse...

Obrigado, Sylvia.
Deixa-me contente que você goste.
Beijos

Wania disse...

Fred querido

Amei teu comentário lá no meu cantinho, tive que te puxar para o palco...rsrsrs! Espia lá!

Obrigada de coração!
Bjsssssss

Adriana Godoy disse...

Fred, menino, quanta inspiração! Parabéns plea linda trilogia poética. beijos.

Valvesta disse...

Boa tarde
"Alguns pensamentos são preces.
Há momentos em que, qualquer que seja a posição do corpo, a alma está de joelhos.
(Vitor Hugo)
uma semana cheia de alegria e paz. abraços, val.

Fred Matos disse...

Wania,

Você viu o sorriso do gato
E tendo me levado ao palco
Deixou-me comovido de fato

Obrigado, querida.
Beijos

Fred Matos disse...

Foi mesmo falta do que fazer, Adriana. O futebol da teve estava chatíssimo. Desculpe-me, eu não tinha alternativa.

Obrigado, amiga.
Beijos

Fred Matos disse...

Boa tarde, Val.
Agradeço-lhe pelo Vitor Hugo e pelos votos que retribuo em dobro, além de juros e correção monetária.
Beijos

VANUZA PANTALEÃO disse...

De enfiada...
Li
tentei aprisionar o que li...
Obrigada por seguir-me, Fred!
Beijos e carinhos

Fred Matos disse...

Eu que te agradeço, Vanusa, por vir, ler, comentar e pela recíproca do acompanhamento.
Ótima semana.
Beijos

Mirse Maria disse...

Só você, poeta Fred Mattos!

Adjetivar palavras e ensinar o uso. Dependendo do poeta, a palavra que brilha para um, é a tímida para outro.

Ficou linda esta postagem!

Ensina quem pode, aprende quem tem juízo.

Um dia, terei!

Beijos

Mirse

Fred Matos disse...

"Ensina quem pode, aprende quem tem juízo."

Deve ser por isso que eu não aprendo nada. (risos).

Obrigado, Mirse, pela visita e comentário.

Ótima semana.
Beijos

Elis Zampieri disse...

Que delícia! Digo: Escrevendo besteira você é perfeito.
Com um beijo, Elis

Fred Matos disse...

"Escrevendo besteira você é perfeito."

Mas só escrevendo besteira, né Elis? (risos).

Obrigado, amiga.
Beijos

Carla Luma disse...

De enfiada, Fredinho? E você ainda..., melhor me calar, eu ia dizer besteira e o seu blog é muito sério (hehehehehe).
Brincadeiras foras, que dentro não é brincadeira não (kakakaka) eu achei do caralho a sequencia de sonetos.
Você ainda não comentou meu último post. .snif! snif!
Beeeeeeeiiiiiiijo, meus amores

Fred Matos disse...

"melhor me calar, eu ia dizer besteira"

Não quero a sua concorrência neste aspecto, Carla. (risos).

Claro que vou ler. Como não? Você é uma das minhas autoras favoritas.

Obrigado, querida, por ler e comentar.

Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias