domingo, novembro 30

tédio eterno


não sei quem é o autor da foto


O amor achou-me desarmado
quando encontrei o seu olhar
e instalou-se o tédio eterno
com certo excesso de azuis

Trouxe-lhe flores amarelas,
eram belas mas não foram solução
Queimei incenso, toquei um tango,
escrevi poemas: tudo foi vão.

Assim celebro nossa união
neste poema que não vela
                    nem revela
que o que não dura é a paixão.

 

 

 

Fred Matos
publicado em "Anomalias".
Editora Kelps
Setembro/2002

12 comentários:

yehuda disse...

o amor
suprema tortura
pouco dura
fura
perfura
não há cura
que pra sempre as mulheres
me levem pra loucura
ruim com elas
pior sem elas
sempre belas
me sugam
me trituram
me machucam

Fred, seu poema é meu ultimo tango nessa terra

fred disse...

Coisa nenhuma, Iosif. Você tem fôlego para muitos tangos ainda. E me lembrei de Marlon Brando e Maria Schneider, bela mulher.
Ótimo domingo
Abração

mfc disse...

É bonito o enamoramento.

Nani disse...

A paixão acaba mas enquanto dura é das melhores coisas do mundo!!! :)

fred disse...

É bonito, sim.
Obrigado, amigo, pela visita, leitura e comentário.
Abraços

fred disse...

Você tem razão, Nani. Momentos intensos como os de paixão são únicos. Obrigado pela visita, leitura e comentário.

maré disse...

quando ela chega é vermelha

e arrasa

inebria

enlouquece

...quando parte

é a dor
o movimento
que nos derrete os olhos

_______

um beijo, Fred

______

fred disse...

Beijo, Maré, e obrigado pela visita, leitura e comentário.

paula barros disse...

Fiquei triste com o comentário de Iosif, ele esses dias anda triste. Nem quis conversar, que ele gosta tanto.

belo poema o seu.

abraços

fred disse...

O Iosif é assim mesmo, Paula, não esquente. Obrigado pela leitura e comentário.
Abraços

Laura Fuentes disse...

Gostei também do seu blog e da sua lavra. Você sabe o valor das palavras. Deu vontade de ler o "Anomalias".

fred disse...

Agradeço-lhe, Laura.
Aos poucos estou colocando aqui os poemas do “Anomalias”, bem como os do “Eu, meu outro” e inéditos.
Gostei muito do “Delivery apimentado” lá no Instintos da Pele.

pesquisar nas horas e horas e meias