terça-feira, janeiro 13

a música das horas e horas


Zizi Possi e Chico Buarque

Pedaço de Mim






Composição: Chico Buarque

Oh, pedaço de mim
Oh, metade afastada de mim
Leva o teu olhar
Que a saudade é o pior tormento
É pior do que o esquecimento
É pior do que se entrevar

Oh, pedaço de mim
Oh, metade exilada de mim
Leva os teus sinais
Que a saudade dói como um barco
Que aos poucos descreve um arco
E evita atracar no cais

Oh, pedaço de mim
Oh, metade arrancada de mim
Leva o vulto teu
Que a saudade é o revés de um parto
A saudade é arrumar o quarto
Do filho que já morreu

Oh, pedaço de mim
Oh, metade amputada de mim
Leva o que há de ti
Que a saudade dói latejada
É assim como uma fisgada
No membro que já perdi

Oh, pedaço de mim
Oh, metade adorada de mim
Lava os olhos meus
Que a saudade é o pior castigo
E eu não quero levar comigo
A mortalha do amor
Adeus

8 comentários:

Eduardo Serra Lopes disse...

sempre bom ouvir isto:)

fred disse...

Essa música é muito triste, mas belíssima. A primeira vez que ouvi foi em um Natal, eu estava no Rio de Janeiro na casa de tios que haviam perdido um filho por afogamento anos antes. Quando ouvi os versos que dizem que “a saudade é arrumar o quarto/ do filho que já morreu”, não consegui evitar olhar a minha tia, olhos cheios de lágrimas. Na alegria da festa, creio que somente ela e eu havíamos prestado atenção na letra da música.
Agradeço-lhe a visita e comentário, Eduardo.
Abraços.

D.Ramírez disse...

Zizi acho q é uma das melhores senao a melhor ..injusto, tem muitas boas, mas ela esta la entre elas..quanto ao chico..dizer oq..
Bela musica.
Abraços

Fabi disse...

A música é triste, mas realmente é linda...muito linda...

Seu gosto musical é fantástico...rs...

Abraço pra vc!!!

Alice disse...

A saudade é arrumar o quarto
Do filho que já morreu


O Chico sempre me traz recordacoes com suas musicas, assim como vc com seus textos. Saudade daqui. Beijos!

fred disse...

Ramírez,
A Zizi sempre esteve entre as minhas cantoras preferidas desde que a ouvi pela primeira vez Lembro-me dela, em Salvador, antes de gravar o primeiro disco, no espetáculo "Marilyn Miranda", um misto das biografias de Marilyn Monroe e Carmen Miranda, trabalho de criação coletiva orientado por seu irmão, José Possi Neto, que era diretor da Escola de Teatro da UFBa.
Na época eu editava a seção de eventos de uma revista estatal de turismo, a “ViverBahia” e mensalmente ía ao à escola de teatro pegar a pauta do mês seguinte, algumas vezes, na ausência do Zé Possi, era a Zizi que me atendia.

fred disse...

Gosto é uma coisa muito relativa, Fabi. Costumamos atribuir bom gosto a quem o tem igual ao nosso, mas fico contente de saber que gostamos das mesmas músicas.
Obrigado pela visita e comentário.
Abraços

fred disse...

Obrigado, Alice, você é muito gentil.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias