sexta-feira, agosto 21

disparate



ilustração: Anke Merzbach



quem quer ter razão já a tem perdida
pois nada há absolutamente nítido
sequer estes versos que nascem sisudos
e que ao cabo hão de se tornar risonhos
não por uma determinação pré-concebida
mas porque é este o curso da vida
quando não ocorre de ser ao contrário

e mesmo se nem isto nem aquilo se confirme
para manter íntegro o meu discurso
eu o nego,

rasgo,

queimo


e fecho a cara.



Fred Matos

23 comentários:

Adriana Godoy disse...

O contrário do que se espera. O que é a razão? Talvez seja memso um disparate. Fred, muito gostoso o seu poema. beijo.

Lou Vilela disse...

Pois é... certezas são relativas e temporais.

Boa construção, Fred!

Abraços,
Lou

nina rizzi disse...

as pessoas que tem razão são umas chatas, fred! gostei do seu poema todo, mas esses últimos versos são de deglutir.

beijo :)

cristinasiqueira disse...

Que construção inteligente e sensível.Belo poema.
Até mais Fred



Com admiração,

Cris

BAR DO BARDO disse...

o não discurso vocifera em seu poema.

mas o silêncio, sussurra...

Fred Matos disse...

Adriana,
A razão pode ser, às vezes, e é sem razões e convicções que digo, mas não confirmo, porque fazê-lo é perdê-la, e não fazendo dou-a por perdida, é a arrogância elevada ao absurdo. Por isso tenho tendência e preferência pela incerteza, pelo ceticismo, pela fantasia, mas sem querer ter razão sequer nisto.
Agradeço-lhe pela visita, leitura e comentário.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Eu creio que é isso mesmo, Lou, mas não tenho certeza de nada. (risos).
Obrigado.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Penso igualzinho a você, Nina. Conquanto tenha consciência de que há um imenso de pessoas que achem que o chato sou eu. Do que resulta que talvez também aqui se aplique a relatividade, que, a propósito, não sei se é a mesma relatividade da teoria de Einstein. E, façamos justiça: parece que quem introduziu o princípio da relatividade na ciência foi Galileu Galilei ao sugerir que o movimento, ou pelo menos o movimento retilíneo uniforme, só tem algum significado quando comparado com algum outro ponto de referência. Segundo o princípio da relatividade de Galileu, não existe sistema de referência absoluto pelo qual todos os outros movimentos possam ser medidos.
Obrigado, amiga.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Cris.
Fico contente por sua visita, leitura e comentário.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Gostei do vociferar, Henrique. Não obstante eu costume preferir o sussurro (risos).
Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário.
Ótimo fim de semana.
Grande abraço

Mirse disse...

É isso mesmo, poeta!

Razão, quem diz que tem, já a perdeu, frações de segundos depois.

Belíssimo poema!

Beijos

Mirse

Fred Matos disse...

Obrigado, Mirse.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Gisele Freire disse...

Oi Fred!
Teu blog e show :), voltarei mais vezes!!!!!!!!!
Gostei muito deste poema!
Abraço
Gi

Hercília Fernandes disse...

"e mesmo se nem isto nem aquilo se confirme
para manter íntegro o meu discurso
eu o nego,
rasgo,
queimo
e fecho a cara".

... que assim seja, poetíssimo!

Um belo poema, Fred. Desses que nos leva a questionamentos profundos.

Um beijo, meu querido!
H.F.

Maria Júlia Pontes disse...

Nada é certo.. quem inventou as certezas?
cada um tem a sua... verdadeira ou não, é particular e não cabe a todos.

Maria Clara disse...

Fred,

há uma escrita no Maria Clara que não lhe é estranha...

Beijos, poetíssimo!
H.F.

inatingivel disse...

razão finita
na face infinita.

belo poema!

abraço.
Vicente

Fred Matos disse...

Obrigado, Gisele.
Volte sempre.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe, Hercília.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

É isso, Júlia.
Obrigado, amiga.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe a visita, leitura e comentário, Vicente.
Ótimo fim de semana.
Grande abraço

Ariadna Garibaldi disse...

Não tem jeito, cada vez que leio este poema ele me arranca um sorriso a "La Monalisa". Muito bom, poeta, muito bom!

Beijos

Ada

Fred Matos disse...

Obrigado, Ada.
Ótimo domingo.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias