sexta-feira, outubro 2

embriagado de metáforas


foto: Dila Luna Matos


embriagado de metáforas
eu vejo na curva da estrada
aquele que fui e que passa
com passos de passarinho

vai levando sem remorsos
minha inocência meus sonhos

segue alegre vai cantando
e eu catando as lembranças
que deixa cair no caminho




Fred Matos
publicado em "Anomalias"
Editora Kelps
Setembro/2002

28 comentários:

Úrsula Avner disse...

Olá poeta, doces versos num poema lírico com encanto e delicadeza poética. Passos de passarinhos... linda metáfora ! Bj.

Nydia Bonetti disse...

E por falar em metáforas, achei lindo isto, Fred:

"aquele que fui e que passa
com passos de passarinho"

Passinho de passarinho, tão pequeno, tão frágil. Se quizer ir mais longe, bate asas e voa...

Bom fim de semana, abraços.

Fred Matos disse...

Obrigado, Úrsula.
Contente por você gostar.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Fred Matos disse...

Esses passos de passarinho, Nydia, é uma homenagem, entre outras mais explícitas, ao poeta Mário Quintana, que já bateu asas e voou.
Agradeço-lhe a presença, leitura e comentário.
Ótimo fim de semana.
Beijos

Lara Amaral disse...

Parecido com o meu último, né? É claro que a minha maturidade poética ainda não me permite escrever assim, mas chego lá.
Lindo, adorei!

Wania disse...

Fred quando li teu poema pela primeira me lembrei do Quintana ( que eu adoro)naquela passagem do passarinho e depois ao ler tua resposta à Nydia nos comentários vi mesmo que escreveste em homenagem a ele. Que bonito gesto!

Agora... delícia é esta "embriaguez poética" que se tem quando se vem aqui!!!
Só não me deixa ter deliruim tremens, por favor...rsrsrs!!!!


Bj carinhoso pra ti.

Sonia Schmorantz disse...

Um delicado lirismo...
abraço, bom final de semana

Mari Amorim disse...

Fred ,
passei para ler e aplaudir sua metáfora.
Bom final de semana,
boas energias
Mari

Mirse Maria disse...

Excelente fotografia da Dila!

Compementa a excelência do poema!

Que beleza Fred! Às vezes esqueço que você é homem, e sempre o vejo como criança.
Nesse poema, ....catando as lembranças pelo caminho, ficou lindo!

Parabéns aos dois!

beijos

Mirse

Taffarel Brant . disse...

Versos simples e maravilhosos.
Adorei este blog!

Aline Christal disse...

Fred... seus caminhos são mais que metáforas...sua poesia é um lírio livre... adoro lírios.

mega beijo

Fred Matos disse...

É a mesma temática mesmo, Lara. Talvez lendo-o tenha ficado no meu inconsciente e, em conseqüência, resgatei este meu que é do livro "Anomalias".
Você escreve bem e não há comparar poemas, nem mesmo entre poemas do mesmo autor.
Agradeço-lhe por vir, ler e comentar.
Ótimo domingo.
Beijos

Fred Matos disse...

Delícia mesmo, Wania, é receber comentários como este seu.
Obrigado.
Ótimo domingo.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Sonia.
Ótimo domingo
Beijos

Fred Matos disse...

Contente por recebê-la, Mari.
Obrigado
Ótimo domingo.
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe, por mim e por Dila, Mirse.
Ótimo domingo.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Taffarel.
Volte sempre.
Grande abraço

Fred Matos disse...

Ê, Aline. Fazia um tempão que você não me visitava. Agradeço-lhe por vir, pela leitura e comentário.
Ótimo domingo.
Um lírio e um beijo pra você.

dade amorim disse...

Quintana está presente, Fred - dá pra sentir o roçar das asas.
Lindo teu poema.

Beijo pra você.

Batom e poesias disse...

Ai Fred...
Que lindo!
Teu poema dá uma saudade doída de tudo...

Lembrei de "Retrato em branco e preto" de Chico e Jobin.

Bjs

Taninha disse...

Lindas e comoventes metáforas, Fred.

Bjs.

Taninha

Fred Matos disse...

Obrigado, Adelaide. A sua presença aqui me deixa muitíssimo contente.
Ótimo domingo
Beijos

Fred Matos disse...

Assim eu fico até sem graça, Rossana: lembrar o Tom e o Chico é mais que demais.
Obrigado.
Ótimo domingo
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe, Taninha: a visita, leitura e generosidade do comentário.
Ótimo domingo.
Beijos

Georgia Medeiros disse...

lindo o poema e as metáforas ficaram bem sutis e doces.
obrigada por passar no meu blog, add nos favoritos.beijo.

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe, Georgia, pela visita, leitura, comentário e por passar a acompanhar o blog.
Ótimo domingo
Beijos

myra disse...

belo poema, realmente , para Mario Quintana...
eqto as metaforas, sao relamente muito lindas
abraço,

Fred Matos disse...

Obrigado, Myra.
Sempre me deixa muito contente receber a sua visita, leitura e comentário.
Ótimo domingo
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias