domingo, julho 11

morituri et salutant


foto: Fred Matos

os que vão morrer te saúdam
eu sobretudo e sempre
ontem, hoje, eternamente


Fred Matos


28 comentários:

Adriana Godoy disse...

Fred, bateu assim forte e suave como a morte. Beijos

Fred Matos disse...

Já que inevitavelmente virá, preparo-me para ela e saúdo-a.
Agradeço-lhe por vir e comentar, Adriana.
Beijos

Assis Freitas disse...

daqui também lanço saudações,

abraço

myra disse...

foto fantastica, enquanto a saudar a morte, bem os mexicanos, brincam com ela, no dias dos Mortos,por ex.: te dao de presente uma caveira com teu nome, e as vezes a acompanham com um verso sobre a tua morte:))))
abraçO:))))

angela disse...

Forte e sensível.

Fred Matos disse...

Um grande abraço, Assis

Fred Matos disse...

Estas e outras fotos estão no meu Flickr, Myra, cujo endereço é:

http://www.flickr.com/photos/fredmatos/

Agradeço-lhe por vir e comentar.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Angela.
Beijos

Katrina disse...

eu que te saúdo

Mirze Souza disse...

Fred!

Grande, poeta! A morte é amiga inevitável. Faz parte do ciclo da vida. Deixo aqui minha saudação!
Belíssimo!

Beijos

Mirze

Fred Matos disse...

E eu a ti, Katrina, com gratidão pela visita e comentário.
Beijos

Fred Matos disse...

Obrigado, Mirze,
Saúdo-a também.
Beijos

Graça Pires disse...

A morte faz parte da vida por mais que doa. Também daqui saúdo os que vão morrer...
Beijos.

Fred Matos disse...

E eu a tua vinda e comentário, Graça.
Obrigado.
Beijos

Mari Amorim disse...

Fred,
que assim seja!Linda foto,parabéns!
Excelente semana,com boas energias,sempre!
bjs.
Mari

L. Rafael Nolli disse...

Fred, poema exato, em tão poucas e precisas palavras! Resta-me contemplar o poema e a sua verdade. Abraços.

Insana disse...

Passando para deixar uma boa segunda feira

bjs
Insana

Fred Matos disse...

Obrigado, Mari.
Ótima semana pra você também.
Beijos

Fred Matos disse...

Agradeço-lhe o comentário generoso, Rafael.
Grande abraço

Fred Matos disse...

Obrigado, Insana.
Boa terça pra você.
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

...e eu fico pasma com o que você faz com os advérbios: POESIA! Maravilha.
Abraços,
Tânia

Mari disse...

Olá Fred,

"A morte é só a morte, mas o amor é o amor"

Sou uma pessoa desaparecida, mas meus dias de leitora invisível acabaram. Quero sempre te dizer que nas minhas escassas horas livres, venho aqui. Porque gosto.

Deixei uma homenagem aos meus blogs favoritos em meu blog. Uma homenagem repassada. Não deixe de conferir.

Beijinho.

Fred Matos disse...

Tânia,
O seu comentário é sempre uma gratificação.
Obrigado.
Beijos

Fred Matos disse...

Mari,
Fiquei muito contente por você incluir o nas horas e horas e meias entre os blogs que lhe comoveram, sobretudo qualificando-o como a voz amendoada e difícil da poesia e escolhendo-o para o prêmio Heart and Soul. Peço-lhe, porém, que me perdoe por não cumprir as regras do prêmio e, de certa forma, quebrar um elo da corrente. Quando comecei com o blog, em 2008, recebi alguns desses prêmios e cumpri as suas regras, mas cada vez se tornava mais difícil escolher alguns entre tantos blogues que acompanho e gosto. Sei que você me entenderá e não ficará triste.
Obrigado, também pela amizade.
Beijos

Mara faturi disse...

Eu saúdo tua poesia, Salve;)
Grande bjo!

Fred Matos disse...

Eu, per tempus, saúdo a tua e a ti, Mara, contente por ver-te aqui.
Beijos

OutrosEncantos disse...

Eu te saúdo eternamente Fred.
A ela.... espera só mais um pouquinho, ainda não....

Beijo Fred
Saudade

Fred Matos disse...

Eu também não tenho pressa. Quiçá saudando-a ela se atrase.
Saúdo-te, amiga.
Beijos

pesquisar nas horas e horas e meias